Primeiro aluno surdo a concluir Arquitetura e Urbanismo no UNIESP defende TCC

  • Qua, 07/Dez/2022

As salas do UNIESP estão repletas de histórias incríveis e inspiradoras. E nesta quarta-feira (07), um importante e belíssimo capítulo da história do estudante de Arquitetura e Urbanismo Roberto Vanderlei Junyor foi escrita. Ele se tornou o primeiro aluno surdo a concluir a citada graduação. Ele defendeu seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) nesta manhã, e recebeu nota máxima da banca.

Durante sua jornada acadêmica ele recebeu apoio do Núcleo de Apoio Psicopedagógico (NUPS), que auxiliou na sua adaptação, orientando professores, funcionários e familiares, bem como fornecendo um intérprete de Libras. A ajuda foi reconhecida por Roberto, que exaltou o trabalho desenvolvido também pelos demais setores da instituição. “O NUPS foi muito importante, me ajudando na acessibilidade, trazendo o interprete de libras, bem como os meus colegas, que sempre me auxiliaram. Também o corpo docente, que só tenho agradecimentos. Todos os professores sempre estiveram preocupados em fazer uma adaptação e apoiando em tudo que eu precisava”, declarou.

O TCC de Roberto apresentava uma proposta de anteprojeto para uma Escola Bilíngue para Surdos. Em sua defesa, ele foi auxiliado pelo intérprete da instituição Bruno Câmara, que vocalizava as palavras do estudante. Ao final da apresentação, a banca julgadora não hesitou em atribuir a nota 10 ao trabalho, classificando-o como uma produção de excelência.

O momento da revelação da nota foi de muita emoção para todos os presentes, incluindo professores, colegas de Roberto e seus familiares. O quase arquiteto e urbanista agradeceu o apoio de todos e revelou que pensou até pensou em desistir ante as dificuldades impostas pelo curso, mas que toda a luta e persistência valeram a pena. Ele afirma ainda que pretende usar sua experiência como pessoa como deficiência para promover a acessibilidade através de suas obras.

O resultado do TCC não surpreendeu à orientadora do trabalho, professora Tayene de Oliveira. “Roberto sempre demonstrou ser uma pessoa muito interessada no curso e sempre evoluindo esse interesse. Hoje ele fecha seu curso com chave de ouro”, afirmou.

Já a coordenadora do curso, professora Isis Amaral Méro, destacou o apoio do NUPS para a qualidade do ensino adaptado. O auxílio do NUPS nos dá suporte teórico e prático para que professores e coordenação possam atuar de forma assertiva no processo de aprendizagem de alunos PCDs. Contamos também com equioe institucional de intérpretes de extrema qualidade que acompanham os alunos de forma técnica e humanizada”, disse.

Outro detalhe interessante é que Roberto se tornou o primeiro surdo de seu município, Gurinhém, a concluir um curso superior. Agora, ele se torna exemplo de perseverança e deve inspirar outras pessoas a seguirem seus sonhos, apesar das dificuldades.




MAIS NOTÍCIAS



FISIOTERAPIA: CIS inicia agendamentos para atendimento
26 Fev
FISIOTERAPIA: CIS inicia agendamentos para atendimento

O serviço é oferecido por alunos a partir do 5º período orientados professores responsáveis pela respectiva disciplina

EDITAL: Processo seletivo de monitorias para 2024.1
22 Fev
EDITAL: Processo seletivo de monitorias para 2024.1

Os interessados podem se cadastrar até o dia 04 de março

Programa da Compass UOL oferece bolsas exclusivas para estudantes UNIESP
21 Fev
Programa da Compass UOL oferece bolsas exclusivas para estudantes UNIESP

Serão oferecidas 80 bolsas para quatro instituições, sendo o UNIESP a única da Paraíba com esta parceria



Biblioteca do UNIESP é opção de estudo para concurseiros
20 Fev
Biblioteca do UNIESP é opção de estudo para concurseiros

A estrutura contempla cabines de estudo individual, sala de estudo em grupo, sala multimídia, proporcionando um cenário favorável

Saiba como se localizar no campus do UNIESP
19 Fev
Saiba como se localizar no campus do UNIESP

Disponibilizamos um mapa e orientamos sobre os locais das coordenações

CIS abre agendamento para atendimentos em Odontologia
17 Fev
CIS abre agendamento para atendimentos em Odontologia

O serviço é realizado por alunos a partir do 6º período, supervisionados por professores das diversas áreas oferecidas